Aversão

 



Toda vez que alguma coisa ou alguém é excluído de uma situação ou sistema podemos dizer que a aversão, o não suportar, o detestar, o não querer conviver com aquela pessoa ou situação foram os responsáveis pelo comportamento de exclusão. De uma maneira geral podemos resumir a aversão em dois grandes grupos: as resultantes dos a priori ou preconceitos, e as resultantes de dor, sensação intolerável. Os preconceitos existem nas diversas culturas e sociedades e criam comportamentos de aversão: evitar o diferente (etnia, posição profissional, posição social e econômica); a discriminação aos fisicamente deficientes (lesados ou portadores de comprometimento francamente visíveis , assim como os que não são considerados belos, bem vestidos); e acontece também evitar o familiar, pois o mesmo pode desmascarar projetos, pode saber "o caminho das pedras" e assim pôr tudo a perder. É comum o novo rico odiar encontrar os vizinhos da comunidade onde passou a infância. É comovente ver o desespero da mãe faxineira para se apresentar bem na formatura do filho em medicina, é estarrecedor ver o desespero do jovem médico em não conseguir esconder as mãos calosas da própria mãe. Aversão é tudo que pode provocar dor, que pode desmascarar, que pode também deixar cair a máscara que esconde maldades. A esposa que apanha do marido, a filha estuprada pelo próprio pai têm aversão total ao que possa iluminar esses escondidos, por exemplo.

A aversão ao que causa dor resulta sempre de experiências anteriores. Ser torturado, ser humilhado, ser submetido ao que discrimina, determina comportamento aversivo. Nestes casos a aversão é o sintoma da impotência. Sentir aversão é continuar submetido ao que destrói, ao que humilha e maltrata, apesar disso ser questionável. Por que continuar submetido? Por que temer o que pode ser destruído? Nesse ponto a aversão é sempre deslocamento de algo não resolvido e esse deslocamento cria as vítimas, os histéricos e desesperados que reagem gritando, despistando, escondendo o que os infelicita. Nesse sentido, a aversão pode ser uma manutenção, um ajuste ao que infelicita e destrói. É a matéria prima de que são feitas as vítimas, os sonhos e buscas de El Dourados. A aversão é uma maneira de fugir e negar o presente que se vivência.

Comentários

Os mais lidos

Oprimidos e submissos

Sonho e mentiras

Polarização e Asno de Buridan

Zeitgeist ou espírito da época

Mistério e obviedade

Formação de identidade

Misantropo

A ignorância é um sistema

“É milagre ou ciência?”

A possibilidade de transformação é intrínseca às contradições processuais